Portugal, Espanha e Grécia, ao contrário da Itália, chegaram tardiamente ao processo de união económica e política da Europa. O presente livro, da autoria dos destacados historiadores e cientistas políticos, oferece uma visão global sobre o impacto nos quatro países da Europa do Sul da progressiva integração da Europa a partir de 1945.