Só discutida por quem a faz a Economia poderá deixar se ser uma ciência de gabinete, inexpugnável para o não especialista, enigmática para o cidadão comum só assim poderá tornar-se numa ciência que alargue o conhecimento e possibilite uma intervenção consciente no processo de transformação da sociedade.