Acredita que a liderança é algo que existe na cabeça do líder? As abordagens tradicionais acreditam que sim, que é possível ensinar truques ou dicas que, uma vez seguidos, garantem o sucesso do líder. Ou que é possível fornecer ao líder uma clarividência sobre o comportamento dos outros que lhe permita agir sobre eles.
Ricardo Vargas defende que o bom líder é que não se preocupa em sê-lo, mas que o é como resultado da qualidade das relações que estabelece com os colaboradores. Não se ficando por conceitos inspiradores sem aplicação prática, o autor baseia-se na sua experiência de terapia familiar e de consultoria empresarial em multinacionais para operacionalizar processos de trabalho que, quando seguidos pelo líder, promovem a sua própria inutilidade, desenvolvendo os colaboradores e aumentando a eficácia das equipas.
As metodologias descritas são já utilizadas com sucesso por milhares de líderes de empresas e Portugal e no Brasil, e muitos exemplos de aplicação são apresentados no livro.
A leitura deste livro pode mudaras suas relações pessoais e profissionais.