Um poema por dia
um poema eterno
a poesia nunca se mede
em pedaços de tempo
não tem idade - nem horas
é livre
cada minuto seu
é vivido eternamente
quando a poesia nos embala com braços infinitos
num poema sem idade
transporta-nos até ao (ir)real sentido
do (tal) poema sem calendário definido
só a poesia (nos) transforma
em
qualquer dia - leve
sem marcas de segundos (com)passados
- a poesia pode durar um dia -
TMQ
(nota da editora)